Staffer Group BR™

Fórum interativo totalmente gratuito!

/* Widget *//* Resposta rápida bloqueada */
Cadastre-se
→ Crie a sua conta

 VisualizaçõesPermissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum


CurtirDiretório deste fórum:
Fóruns » Principal »  » Tutoriais » Programação Externa

#1
 D'Leandro™

avatar
Fundador
Recadinho: E aíi bonitos! Estamos de volta, e hoje com um tópico super curto só pra falar sobre uma coisinha importante, se você quer programar tem que se apegar aos detalhes. bora pro tópico.
Caso queira retornar ao indice inicial do curso, clique neste link.

Hoje iremos falar sobre os tipos primitivos. Mas o que são eles? Os tipos primitivos são os tipos básicos de dados que compôem um programa, podendo serem como constantes ou variáveis (o conceito de constantes e variáveis será abordado no próximo post!). Esses tipos de dados serão utilizados em cálculos, comparações e servem de base para a criação de outros tipos. A seguir, farei uma breve explicação sobre cada um dos tipos primitivos:


  • Inteiro: este tipo representa valores numéricos inteiros (positivos ou negativos), sem casas decimais. Ex: 0, 12, 58, -168, etc.


  • Real: este tipo representa valores numéricos com casas decimais. Também são chamados de Ponto Flutuante. Ex: 2,47, 3,1415, 0,01, -47,55, 0,00. A quantidade de casas decimais pode ser maior ou menor, dependendo da precisão exigida e/ou da arquitetura do hardware.


  • Caractere: este tipo representa qualquer caractere. Ex: ‘a‘, ‘7‘, ‘$‘, ‘ ‘, ‘‘, etc. O tipo caractere representa apenas um caractere.


  • Booleano: o tipo booleano corresponde a valor lógico alto (verdadeiro ou true) ou valor lógico baixo (falso ou false). Apesar de ser um tipo primitivo, ele não é encontrado em algumas linguagens de programação, como a linguagem C.


Existe um outro ‘tipo’ que não é considerado primitivo, mas que é muito importante, que é o tipo literal ou string, que representa cadeias de caracteres. Em um momento mais oportuno nos aprofundaremos nesse tipo de dado.

Concluindo, esta é apenas uma introdução aos tipos primitivos, que serão utilizados em todos os programas que fizermos, e serão utilizados o tempo todo durante a programação.

Este artigo foi escrito por Rafael Toledo e publicado no site rafaeltoledo.net
Até a próxima!
Ver perfil do usuário