Staffer Group BR™

Fórum interativo totalmente gratuito!

/* Widget *//* Resposta rápida bloqueada */
Cadastre-se
→ Crie a sua conta

 VisualizaçõesPermissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum


CurtirDiretório deste fórum:
Fóruns » Secundário »  » Área Livre

#1
 Gmtp

avatar
Membro



O norueguês Magnus Carlsen é um sucesso entre as mulheres. Foi eleito um dos homens mais sensuais de 2013 pela revista feminina Cosmopolitan e desfila para a grife holandesa G-Star. Há quem diga que ele se parece com o ator Matt Damon. Outros enxergam uma semelhança com o cantor Justin Bieber. A histeria das fãs é comparável: na Noruega, milhares de garotas gritam seu nome e chegam a pintar seus corpos com mensagens de amor ao ídolo.

Carlsen não tem tempo para elas. Aos 22 anos, ele passa os melhores momentos de sua juventude sentado diante de grandes mestres internacionais de xadrez – uma espécie que não costuma ser conhecida pela beleza, e muito menos pelo sucesso com o público feminino. Se houvesse justiça no mundo, ele seria apenas um jogador mediano, derrotado por um exército de nerds russos de meia-ida¬de. A natureza é injusta. Carlsen é o melhor de todos eles.

No dia 22, Carlsen se tornou o campeão mundial de xadrez, depois de derrotar o indiano Viswanathan Anand, de 43 anos. Anand tinha a vantagem de jogar em sua terra natal. Não conseguiu vencer uma só vez. Foram três vitórias de Carlsen e sete empates, numa série de dez partidas. Uma disputa de xadrez não atraía tanta atenção desde 1997, quando o supercomputador Deep Blue, da IBM, derrotou o ex-campeão mundial Garry Kasparov e provou sua supremacia sobre os seres humanos no jogo. Carlsen não conta com o marketing do confronto entre homem e máquina, mas tem outras armas. Além do carisma e da aparência, ele é o maior fenômeno que já passou pelos tabuleiros em toda a história. Filho de um casal de engenheiros, aprendeu xadrez aos 8 anos com o pai. Aos 13, conquistou o título de Grande Mestre, honraria concedida a jogadores profissionais de nível internacional. Aos 19, tornou-se o jogador mais jovem a atingir o topo do ranking mundial. Seu último grande feito antes de vencer Anand foi superar a pontuação atingida no ranking por Kasparov em seu auge – uma meta tida como imbatível. Somado a esses recordes, o título mundial é suficiente para que ele seja considerado o melhor jogador de todos os tempos.

Atualmente, os confrontos entre campeões de xadrez e computadores não têm mais sentido. A tecnologia evoluiu muito mais do que o cérebro humano desde 1997. Qualquer smartphone tem capacidade de processamento suficiente para vencer o melhor enxadrista do planeta. Carlsen sabe disso. Não se interessa por enfrentar computadores, mas é excelente em vencer humanos. Para ele, o xadrez não é a busca matemática pela melhor jogada possível, e sim "uma guerra psicológica cheia de pequenos truques".

Comparado a outros campeões da história do xadrez, Carlsen tem um estilo inusitado. A maioria dos grandes mestres costuma buscar o xeque-mate ou uma vantagem decisiva nas primeiras 30 ou 40 jogadas. Se a partida continuar equilibrada depois disso, sem grandes chances de ataque para nenhum dos lados, os jogadores chegam a um acordo e declaram um empate, o resultado mais comum em campeonatos de alto nível. Kasparov, até então considerado o melhor da história, era excelente na arte de encurralar os adversários no início do jogo. Para Carlsen, a vantagem inicial tem pouca importância. Seu grande talento é forçar seus oponentes a jogar, por horas, partidas que tradicionalmente seriam consideradas empatadas. Sob pressão, até os grandes mestres cometem erros. Carlsen erra menos do que eles e se aproveita disso para vencê-los lentamente. Parece monótono? Imagine um time de futebol que passa o jogo inteiro na retranca, mas se aproveita de uma breve distração do goleiro adversário para marcar um gol de tiro de meta aos 44 minutos do segundo tempo e vencer por 1 a 0. Imagine que esse time consiga usar a mesma tática para acumular vitórias contra as equipes mais poderosas do mundo e conquistar o Mundial de Clubes. É esse o tamanho do feito de Carlsen. Os russos de meia-idade e as garotas norueguesas têm muitas razões para idolatrá-lo.

Fonte : Época

Assinatura:
Olá Convidado Antes De Tudo, Bem Vindo Ao Staffer Group BR™️ !!

Convidado Você Esta No Fórum Deis de E Você Tem 3 Mensagens !
o Fórum Tem 11510 Mensagens Com 890 Membros Registrado. VAMO AJUDA A DIVULGA AE !
Ver perfil do usuário

#2
 Mr.GamingPT

avatar
Membro
Legal mesmo
Ver perfil do usuário